Higashi Chaya Gai, onde as gueixas se apresentam. Há várias lojas de presentes e restaurantes típicos

Higashi Chaya Gai, onde as gueixas se apresentam. Há várias lojas de presentes e restaurantes típicos

As tradicionais casas das gueixas estão dividas em três bairros diferentes. Na origem, essas casas estavam espalhadas pela cidade, mas foram movidas em 1820 para distritos mais afastados do centro. A construção de casas de dois andares foi proibida no periodo Edo, exceto para as casas de chá, conhecidas como “chaya”. Chaya é um local tradicional de festas e entretenimento. São várias casas de madeira de dois andares ao longo da rua. Ao por do Sol é possível ouvir suaves músicas tocadas no shamisen, instrumento de corda tradicional.

Embora as gueixas façam parte da cultura japonesa, essas ruas com casas de chá das gueixas são raras, e somente os bairros de Gion em Kyoto e de Kazue Machi de Kanazawa são considerados patrimônios históricos do Japão.

O mais antigo é o distrito de Kazue Machi Chaya, onde pode-se ver como era uma casa de chá há 180 anos, e apreciar restaurantes e lojas de presentes típicos.

Chá na casa Shima

Chá na casa Shima

O maior dos distritos de gueixas é o de Higashi Chaya. Aqui, como em todos os três distritos, é possível assistir a uma apresentação de gueixas, aos sábados.  Aqui está a casa Shima, onde há uma casa de gueixas preservada desde 1820 e onde se pode provar um chá (da cerimônia de chá) e saborear um doce típico apreciando o jardim interno.

O distrito de Nishi Chaya está a 500 m da ponte Saigawa Ohashi na área central da cidade. No local está o Museu Nishi Chaya Shiryokan, que reproduz uma casa chaya e você pode entrar e conhecer por dentro.