Myoryuji, conhecido como Templo Ninja, é uma construção sólida, feita na época em que o xógun Tokugawa proibiu construções de mais de dois andares. Por fora, o templo parece ter dois andares, mas tem quatro na verdade, com passagens secretas e 23 quartos, o que indica a intenção de confundir os eventuais espiões.

Onde – Parada Jusagen-machi, ao lado do Rio Saigawa. Dá para ir a pé do Korimbo. Ponto 12 do Loop Bus (circular turístico)

Daijoji, construído em 1262, foi transferido para o local atual no século 17. É um centro de treinamento de monges da escola Soto Zen, cujas atividades começam às 4h15 da manhã e vai até 9h da noite, mas os visitantes também podem experimentar a meditação Zazen. http://www.daijoji.or.jp/

Onde – Teramachi, do outro lado do Rio Saigawa. Dá para ir a pé da região do Korimbo.

Tentokuin. Esse templo foi construído pela família Tamahime em 1623. Os visitantes poderão assistir a um show de “karakuri ningyo”, de marionetes, que conta a história da senhora Tamahime, que faleceu aos 24 anos de idade.

Onde – Kodatsuno, acessível de ônibus municipal para “Tentokuin Mae”, que sai da Estação Kanazawa.

Bairro Teramachi, onde estão localizados 70 templos. Daijoji é um deles. Tem o Daienji, o Fushimiji e o Shogetsuji, que são os mais conhecidos. O centro da cidade está entre dois rios, o Asamagawa e o Saigawa. No passado, os templos da escola Jodoshu ficaram espalhados nesse centro, enquanto os templos das demais escolas budistas foram instalados fora do centro, e ficaram concentrados em Teramachi.

Onde – bairro Teramachi, acessível a pé da região de Korimbo ou pelo ônibus circular “Loop Bus”.

DSCN4686Sojiji – O grande e antigo templo, que é base da Escola Soto Zen, fica na cidade turística de Wajima, onde existem grandes thermas e belíssimas paisagens. Esse templo foi fundado por Keizan Zenji, em 1321. São várias construções e de várias épocas. Em 1898, um grande terremoto afetou a região e destruiu parte da construção, assim, o templo principal foi transferido para a cidade de Yokohama, província de Kanagawa. Mas tudo foi reconstruído, as escrituras sagradas e o mausoléu do monge Keizan permanecem, e há ainda muitas atividades no local. Pode-se experimentar a meditação zazen e apreciar a culinária zen dos monges (reservas antecipadas).

DSCN6710reduzEiheiji– O outro grande templo-base da Escola Sozo Zen, não fica exatamente em Kanazawa, mas fica numa localidade acessível, em Yoshida, na vizinha província de Fukui. O Eiheji foi construído em 1244 pelo monge Dougen Zenji para a prática do zazen (meditação). Esse templo realmente é muito utilizado para a prática de zazen e para o treinamento de monges do mundo inteiro, mas é muito grande, aconchegante e bonito. O Eiheiji é aberto para visita diariamente, e possui até indicação de rotas para visitas aos diversos templos que ficam lá dentro, e monges novatos explicam os objetos artísticos e relíquias valiosas existentes dentro dos aposentos. Chama atenção o teto do grande salão que tem 230 pinturas de artistas famosos de 1930. A paisagem do Eiheiji é exuberante, e certamente, merece uma visita.

 

Principais Templos Xintoistas

– Oyama Jinja

– Ishiura Jinja

– Toyokuni Jinja

– Kanazawa Jinja

– Sugawara Jinja

 

 

Tags: